Pianista, compositora e maestrina, Chiquinha Gonzaga foi uma mulher muito a frente do seu tempo. Filha de um primeiro-tenente com uma mestiça, filha de escrava, Chiquinha enfrentou o preconceito desde cedo ao ser rejeitada pela família do pai. Mas mesmo assim nunca se abateu - a sua criação foi no meio das crianças burguesas, com o melhor que a educação de elite poderia oferecer.
COMENTÁRIOS