Assim como no Brasil NOS EUA, REDE DE SAÚDE DE DIREITA GANHA MILHÕES COM KIT COVID DE HIDROXICLOROQUINA E IVERMECTINA
13/10/2021 01:17 em Tecnologia

Médicos “Extremamente Pró-Trump”

As bases para a America’s Frontline Doctors foram lançadas em 11 de maio de 2020, em uma teleconferência entre um alto funcionário da campanha de reeleição de Trump e o grupo ativista Republicano CNP Action. Eles teriam discutido a busca por médicos “extremamente pró-Trump” que pudessem aparecer na TV e defender o plano de Trump de reabrir rapidamente a economia, a despeito das orientações de segurança mais cautelosas emitidas pelo CDC.

Então, em 24 de junho do ano passado, Gold criou no Arizona uma organização sem fins lucrativos, chamada Free Speech Foundation (Fundação pela Liberdade de Expressão), com um orçamento anual de um milhão de dólares e patrocínio fiscal da Tea Party Patriots Foundation (Fundação dos Patriotas do Tea Party). A America’s Frontline Doctors, um projeto dessa organização, foi lançada em 27 de julho de 2020. Gold, que a NPR confirmou ter um registro médico na Califórnia, juntamente com outros médicos vestindo jalecos brancos, organizou uma coletiva de imprensa na escadaria do prédio da Suprema Corte, onde alegou falsamente que um coquetel de hidroxicloroquina, azitromicina e zinco poderia “curar” a covid-19. Stella Immanuel foi uma outra médica do grupo que deu a coletiva na escadaria do tribunal, afirmando que o uso de máscaras era desnecessário. Immanuel ganhou fama viral com a divulgação de que ela teria alegado em outros tempos que a endometriose, uma doença do útero, seria causada por sexo com demônios durante os sonhos. O evento foi transmitido ao vivo pelo site de direita Breitbart, e os vídeos, compartilhados no Twitter pelo então presidente Trump, tiveram milhões de visualizações nas redes sociais, antes de serem removidos pelas empresas de tecnologia por violarem as regras contra desinformação na pandemia. Mais recentemente, o grupo vem promovendo a ivermectina como uma cura milagrosa para a covid-19.

“[A AFLDS] é muito boa em manipular os dados científicos para fazer parecer que a vacina não é segura, ou não foi testada, ou não é necessária, e por isso eles tiveram especial impacto no último ano ou mais”, disse Koltai.

Mas não foi até o começo de 2021, depois que 345 mil norte-americanos já haviam morrido na pandemia, que a America’s Frontline Doctors começou a fazer propaganda em seu site das consultas de telemedicina, por 90 dólares, para receber prescrições de tratamentos alternativos para covid-19.

Em 3 de janeiro, Gold declarou a um grupo de fiéis aglomerados e sem máscara de uma igreja em Tampa, na Flórida, que a America’s Frontline Doctors teria “disponibilizado a hidroxicloroquina para o país inteiro por meio do acesso ao nosso website”. Um vídeo da palestra, “A verdade sobre a vacina contra covid-19″, teve 1,3 milhão de visualizações no Rumble, um site de hospedagem de vídeos, depois de ser removido pelo YouTube. “Então você pode se consultar com um médico de telemedicina. E se você tiver ou não covid, ou se só estiver preocupado em não pegar covid, pode obter uma receita que será enviada a você pelo correio.” Ela acrescentou, então, “que a grande luta não é contra o vírus, mas contra o medo”.

Simultaneamente, a America’s Frontline Doctors começou a encaminhar seus seguidores para consultas de telemedicina. O site conduz os possíveis clientes por uma série de perguntas preliminares antes de direcioná-los para o site SpeakWithAnMD.com. “Descubra como obter receitas de medicamentos contra covid-19 com nossos médicos treinados pela AFLDS em apenas três passos simples”, está escrito no site, logo acima de um botão em destaque com “Obter Medicamentos”.

COMENTÁRIOS